Fechar
Quarta, 21 de abril de 2021
Quarta, 21 de abril de 2021
Política 01/03/2021

Vereador solicita revisão na diminuição da frota de ônibus em PG

Vereador Filipe Chociai (PV) encaminhou ofício à prefeita Elizabeth Schmidt (PD) em que solicita a revisão do artigo 5º do decreto 18.617\2021

Ouça a notícia Tempo de leitura aprox. --
Vereador solicita revisão na diminuição da frota de ônibus em PG

O vereador Filipe Chociai (PV) encaminhou ofício à prefeita Elizabeth Schmidt (PD), nesta segunda-feira (1º), em que solicita a revisão do artigo 5º do Decreto 18.617\2021 - que impõe restrições para conter o avanço da pandemia em Ponta Grossa -, o qual trata da diminuição pela metade da oferta de ônibus do transporte coletivo do Município durante a vigência do decreto (até 8 de março).

Presidente da Comissão de Obras, Serviços Públicos, Trânsito, Transporte, Mobilidade Urbana e Acessibilidade, Filipe Chociai justifica que é preciso coibir as aglomerações nos ônibus e nos pontos de espera para embarque, constatadas nos primeiros dias de vigência do decreto.

"Diante dos diversos relatos de ineficácia da medida que limitou a prestação do serviço de transporte coletivo em Ponta Grossa, nosso mandato protocolou um pedido ao Poder Executivo para que revise tal medida, através da readequação do art. 5º do decreto municipal n°18.617. Solicitamos o aumento da frota de ônibus em circulação e também a atuação da Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte (AMTT), com a finalidade de garantir segurança e eficiência aos usuários do transporte coletivo neste momento de restrições", explicou o parlamentar.

O que diz o Artigo 5º:

Art. 5º. DETERMINAR à Concessionária do Serviço de Transporte Coletivo Urbano, a partir da zero hora do dia 27 de fevereiro de 2021 até 5 horas do dia 08 de março de 2021, que reduza em 50 (cinquenta por cento) a oferta do serviço, atendendo recomendação para o isolamento social proposto pelo Estado do Paraná;

Prefeitura e VCG

Também nesta segunda-feira, a Prefeitura de Ponta Grossa respondeu a um questonamento da imprensa e disse que "está acompanhando a situação e promovendo os ajustes necessários, o que inclui a colocação de carros-extra em circulação no intuito de evitar eventuais aglomerações de passageiros e suprir a demanda".

Por sua vez, a concessionária, Viação Campos Gerais (VCG), disse ao ser indagada pela imprensa que "está em conversa com o órgão gestor que estabeleceu à nossa equipe de tráfego que sejam disponibilizados ônibus intermediários para os horários de pico, de modo auxiliar no atendimento da demanda em horários com maior número de passageiros".

Questionada sobre a empresa reavaliar retomar a frota normal de ônibus ainda nesta semana, a VCG comunicou que "a operação ocorre conforme decreto publicado na última semana". Diante do alto número de passageiros nos terminais, a medida que a VCG adotou foi colocar três carros extras no distrito industrial e um articulado para cada terminal.

Por fim, a Viação Campos Gerais orientou que a população "evite os horários de pico, sobretudo porque é o momento em que pessoas que necessitem de fato sair, estão usando o sistema, e que só saiam em caso de necessidade extrema", finaliza. (Com informações do Portal aRede)