Fechar
Sexta, 23 de fevereiro de 2024
Sexta, 23 de fevereiro de 2024
Castro 23/03/2023

4ª Festa do Peão de Boiadeiro de Castro teve público de mais de 75 mil pessoas

Na sexta-feira (17), primeiro dia de rodeio, passaram pelo Parque de Exposições entre 15 e 16 mil pessoas

Ouça a notícia Tempo de leitura aprox. --
4ª Festa do Peão de Boiadeiro de Castro teve público de mais de 75 mil pessoas

De acordo com o a diagnóstico feito pela diretoria de Segurança Pública da Prefeitura, a 4ª edição da Festa do Peão de Boiadeiro de Castro recebeu mais de 75 mil pessoas, entre os três dias de evento. Na sexta-feira (17), primeiro dia de rodeio, passaram pelo Parque de Exposições entre 15 e 16 mil pessoas. A data foi reservada para classificatória e início das provas de montaria e cronometradas, abertura oficial e show com o cantor Michel Teló.

O sábado (18) foi o dia mais movimentado no evento deste ano. Entre o horário de abertura dos portões, 10 horas, e o encerramento do show com a dupla Guilherme e Benuto, passaram pelo rodeio de 35 a 40 mil pessoas. Esse foi mais um dia de classificatória e das provas de Três Tambores, Team Roping, Rodeio em Carneiros, Rodeio em cavalos e Rodeio em Touros.

Já no domingo (19), último dia de rodeio, o público da Festa foi de aproximadamente 25 mil pessoas, considerando o horário de abertura dos portões e o horário de encerramento do último show, com Luan Pereira. Ao longo da programação foram realizadas a semifinal e final das provas, e também o show do cantor João Carreiro.

Mudanças no trânsito são aprovadas

Nesta edição, a diretoria de Segurança Pública de Castro adotou um novo método para controle do fluxo de veículos que visitaram o parque de exposições durante o rodeio - com acesso apenas pela Rodovia PR 340 e saída apenas pela Avenida Marly Rolim, além de espaços delimitados para o estacionamento dos carros.

Conforme explicou o diretor de Segurança Pública, Antonio Sergio de Oliveira, o objetivo das mudanças era garantir a segurança do público, permitindo que as vias não ficassem obstruídas e que houvesse espaços para que ambulâncias e veículos dos órgãos de segurança transitassem com facilidade, caso fossem registradas situações de urgência e emergência. A medida diminuiu os congestionamentos, que são comuns quando ocorrem eventos de grande porte no local, e proporcionou mais agilidade à movimentação dos veículos de agentes de saúde e segurança, e profissionais que trabalharam no evento.

De acordo com o diretor, a forma de conduzir o trânsito durante o evento está aprovada, e deve ser usada também nos próximos eventos a serem realizados no parque de exposições, com adaptações e melhorias em aspectos específicos.

“Funcionou muito bem, o trânsito ficou lento sim, em alguns momentos, como esperávamos. Ocorreram momentos de lentidão todos os dias, e um pouco mais no sábado, mas não chegou a travar e ficar parado em nenhum momento, e, principalmente, não tivemos nenhum registro de acidente, de vítima ou de qualquer ocorrência mais grave”, destacou Antonio Sergio.

O diretor mencionou ainda que a necessidade de os condutores fazerem o retorno, na rotatória da PR 340 antes de entrar no parque de exposições, gerou diversas críticas. Ele explicou, no entanto, que a ação atende às normas de conduta do Código de Trânsito Brasileiro, que não permite conversões como a que geralmente era feita, para entrada direta.

“É preciso entender que, primeiro, o Código de Trânsito não permite que seja feito esse corte ali, porque é uma faixa continua, além disso, do contrário teríamos a formação de filas muito maiores de veículos, que poderiam fechar as rotatórias de acesso, causariam transtornos e iam gerar insegurança enorme a todos”, ressaltou.

Segurança

O diretor de Segurança Pública do município também avaliou o sistema de segurança adotado durante o evento e destacou o trabalho realizado por todas as equipes presentes. De acordo com Antonio Sergio, foram registradas poucas ocorrências durante a Festa.

“Não tivemos muitas situações envolvendo segurança. Tivemos alguns poucos registros de briga, mas tudo dentro do que sabíamos que poderia acontecer. Vale destacar que mantivemos um contingente grande de agentes de segurança dentro do parque. Tínhamos seguranças, brigadistas e bombeiros civis contratados, a Guarda Municipal com todo seu efetivo, e um grande efetivo da Polícia Militar e Polícia Rodoviária. Quero inclusive, registrar agradecimento ao 1º Batalhão e ao comando da 3ª Companhia de Polícia Militar de Castro, e, à Polícia Civil, por ter se feito presente no local. Todos desenvolveram um trabalho brilhante no evento. Estamos muito gratos ao empenho e dedicação de todas as equipes. Pelo tamanho que tem o rodeio de Castro e pela quantidade de pessoas que passa pelo local, podemos concluir que não ocorreu nada que desabone o sistema de segurança utilizado, terminamos com o registro de insegurança zero, praticamente”, finalizou. (Com assessoria)