Fechar
Terça, 25 de junho de 2024
Terça, 25 de junho de 2024
Ponta Grossa 05/06/2023

ACIPG defende criação de campus do IFPR em Ponta Grossa

O Instituto Federal do Paraná (IFPR) atualmente opera em Ponta Grossa como uma extensão da unidade da instituição de Curitiba

Ouça a notícia Tempo de leitura aprox. --
ACIPG defende criação de campus do IFPR em Ponta Grossa

O Instituto Federal do Paraná (IFPR) atualmente opera em Ponta Grossa como uma extensão da unidade da instituição de Curitiba, mas a Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG) defende que o município tenha um campus próprio da rede de ensino.

O diretor do IFPR de Curitiba, Adriano Stadler, explicou para os diretores e associados da ACIPG a importância de Ponta Grossa contar com um campus próprio da instituição, algo que já ocorrer em outros municípios do Paraná, e pediu apoio da Associação Comercial para que a cidade venha a contar com estrutura própria do Instituto Federal.

De acordo com Stadler, atualmente o IFPR atua em Ponta Grossa de forma precária, e um campus próprio forneceria à cidade e população melhores condições de ensino, além de melhorar a mão de obra para as empresas da região.

“Aqui temos a condição de centro de referência e não campus, e infelizmente centro de referência é uma nomenclatura que não traz benefícios para o município, pois não conta com orçamento próprio, autonomia administrativa e funcionários concursados. A gente trabalha com uma estrutura precária, por isso peço a ajuda da ACIPG para interferir politicamente na vinda de um campus para Ponta Grossa. Outros municípios, muito menores e expressivos economicamente que Ponta Grossa possuem campus com funcionários, orçamento, investimentos em ensino, pesquisa e extensão.  E aqui, com cerca de 360 mil habitantes, não possui”, argumenta o diretor do IFPR.

Qualificação

O IFPR em Ponta Grossa oferta cursos técnicos, e a consolidação de um campus próprio na cidade iria preencher a lacuna que a cidade possui na área do ensino médio, qualificando jovens que ingressariam no mercado de trabalho em ambiente de indústrias da região que necessitam de mão de obra qualificada.

Para André Paixão, Diretor de Inovação da ACIPG, um campus do IFPR iria suprir uma demanda do município, tanto do setor produtivo como da população em geral.

“Ponta Grossa está prestes a completar 200 anos de história, além de servir como referência para vários outros municípios da região, possui o maior PIB bruto da indústria no interior do estado do Paraná, excluindo Curitiba e região metropolitana, além de contar com um PIB per capita de R$ 48.615,15 (IBGE, 2020). Atualmente a cidade tem cerca de 46 mil estudantes matriculados no ensino fundamental, e mais de 13 mil no ensino médio. Portanto, uma escola técnica é fundamental para a cidade, que possui mais de 1,2 mil empresas instaladas no Parque Industrial”, afirma.

Essencial

Para a presidente da ACIPG, Giorgia Bin Bochenek, a vinda de um campus da IFPR em Ponta Grossa é essencial para o desenvolvimento da cidade e região, e a instituição irá atuar em diferentes frentes para que a cidade passe a contar com mais uma instituição de ensino.

“É de suma importância termos um Instituto Federal em nossa cidade, porque se está qualificando as pessoas que aqui estão, e se nós falamos tanto de inovação, de tecnologia, nós precisamos de mão de obra. É de total interesse dos nossos associados, empresários e de nossa comunidade. Tenho certeza que nós estaremos juntos nessa batalha junto aos órgãos responsáveis, aos nossos deputados, porque é uma força política que se faz necessária”, afirma a presidente da ACIPG. (Com assessoria)