Fechar
Terça, 23 de julho de 2024
Terça, 23 de julho de 2024
Castro 10/07/2024

Moacyr Fadel afirma que Castro se consolida entre os maiores produtores agropecuários do Paraná

O deputado estadual ressaltou que o Município tem o segundo maior Valor Bruto da Produção (VBP) do Estado e lidera a produção nos Campos Gerais

Ouça a notícia Tempo de leitura aprox. --
Moacyr Fadel afirma que Castro se consolida entre os maiores produtores agropecuários do Paraná

O município de Castro mais uma vez é destaque na produção agropecuária. Segundo o deputado estadual Moacyr Fadel (PSD), os dados preliminares do Valor Bruto da Produção (VBP) consolidam o município entre os maiores produtores agropecuários do Estado. Castro tem o segundo maior VBP do Estado e lidera a produção nos Campos Gerais.

“Esse desempenho é motivo de muito orgulho e resultado do esforço diário de quem acredita no agronegócio. Castro reafirma sua vocação e se consolida como um dos principais municípios do Paraná para ao agronegócio”, afirma o parlamentar que é líder do Bloco Agropecuário na Assembleia Legislativa do Paraná.  

O levantamento preliminar da produção paranaense aponta um VBP de R$ 3,9 bilhões para Castro. Resultado impulsionado, principalmente, pela produção de leite, que totalizou 468.605.85 milhões de litros e somou R$ 1,1 bilhão. Na sequência, destacam-se a silagem com R$ 641 milhões, a soja com R$ 493 milhões e o suíno com R$ 489 milhões.

O VBP é uma estimativa, em valor, da geração de renda do setor rural em suas diversas atividades. É usado como referência para o monitoramento da evolução e variação do mercado. O desempenho de aproximadamente 350 itens diversificados é avaliado.

O Paraná cresceu 3% na comparação com o ano anterior e somou R$ 197,8 bilhões em 2023. Entre os municípios, o campeão é Toledo, com R$ 4,5 bilhões e o terceiro colocado é Cascavel com R$ 3,8 bilhões.

“Isso mostra que o Paraná pratica a melhor agricultura do País hoje, reforça o segmento como pilar essencial da economia, mostra o valor dos nossos agricultores, das nossas entidades e posiciona o Estado como bastante produtivo na Nação”, afirmou o secretário de Estado da Agricultura, Natalino Avance de Souza. (Com assessoria)